1. Deus é Pai

“Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida; somente por meio de Mim é possível chegar ao Pai. Agora que vocês Me conhecem, conhecerão também o Meu Pai…Quem Me Vê, vê também o Pai.” – Evangelho de São João 14:6 a 9.

Quando disse essas palavras, Jesus participava de uma reunião que praticamente encerrava Sua convivência com o grupo que escolheu para O acompanhar durante os últimos anos de Sua existência na Terra.

Nessa ocasião, Cristo definitivamente esclareceu a razão maior de Sua vinda ao mundo. Veio para ser o caminho do reencontro do homem com a divindade. Trouxe-nos a verdade sobre o caráter do divino Pai. Porque quer que tenhamos vida melhor, confiando em Deus, como um filho confia no pai que o ama.

Embora fosse o Filho de Deus, tão divino em natureza quanto o Pai que o gerou e através dEle criou todo o Universo, Jesus não veio à Terra como um deus em busca de adoradores. Não, assumindo para sempre a condição humana, Ele se apresentou como o único enviado para revelar pessoalmente o caráter do Pai, através de Suas ações e ensinos.

Com freqüência, Jesus utilizava a figura de um pai amoroso para ilustrar melhor a divindade. Queria que soubéssemos que o Deus todo-poderoso é um ser pessoal, que nos ama como pai amoroso e quer que vivamos como Seus filhos. Mas a maior prova desse imenso amor divino foi Deus nos dar Seu Filho unigênito para que, através desse Caminho, conhecêssemos a Verdade sobre o Pai e O amássemos e, assim, ganhássemos a Vida Eterna.

Acredite em Jesus:
Só Ele é o Caminho para Deus, revela a Verdade sobre Deus e nos liga à Fonte da Vida, que é Deus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *