19. Deus Perdoa Fácil

“Meu amigo, os seus pecados estão perdoados.” – Evangelho de São Lucas 5:20.

A religião proposta por Cristo resolve também as dificuldades de relacionamento entre os homens e Deus.

Quando obter o perdão e aceitação divinos parece-nos complicado, difícil demais, é porque permanecemos iludidos, imaginando que o Pai está chateado conosco. Mas a boa notícia que Cristo trouxe é a informação de que Deus nos quer bem e está ansioso por ouvir-nos e fazer as pazes. Continuar lendo

18. Deus Jamais nos Força a Amá-Lo

“Se alguém tem sede, venha a Mim e beba.” – Evangelho de São João 7:37.

São tantos os absurdos que se espalham por aí sobre Deus… Você, com certeza, já ouviu falar que: “Quem não O atende por amor, atende pela dor”, não é? Pois isso também é mentira. O Pai não nos causa problemas e dificuldades na vida para nos forçar a recorrermos a Ele em busca de ajuda, força ou consolo. Como diz Cristo na citação acima, quem precisar e O quiser que o procure! Continuar lendo

17. Deus Nos Atrai Com Amor

“O maior amor que alguém pode ter pelos seus amigos é dar a vida por eles.” – Evangelho de São João 15:13.

Permitir que rejeitássemos e matássemos Seu Filho Jesus e mesmo assim perdoar-nos foi a maior prova de amor que Deus deu aos seres humanos. Aceitar morrer sem reagir para demonstrar-nos de uma vez por todas quão ilimitado é o amor divino foi o máximo que Cristo poderia fazer! Continuar lendo

16. Deus Nos Quer Junto DEle

“Jesus disse: Não fiquem tristes e preocupados. Confiem em Deus e confiem também em Mim. Na casa de meu Pai há muitas cômodos, e Eu vou preparar um lugar para vocês. Se não fosse assim, Eu já lhes teria dito. E, depois que Eu for e preparar um lugar para vocês, voltarei e os levarei comigo para que vocês estejam onde Eu estiver.” – Evangelho de São João 14:1 a 3.

Quando a gente morre, não vai direto para o Céu ou ao inferno como muitos pensam. Esse mistério acerca do que acontece ao ser humano após a morte também foi esclarecido por Jesus Cristo. Continuar lendo

15. Deus Fará Justiça no Final

“Não julguem os outros, e Deus não julgará vocês. Não condenem os outros, e Deus não condenará vocês. Perdoem os outros, e Deus perdoará vocês. Dêem aos outros e Deus dará à vocês. E assim vocês receberão muito, muito mesmo. Tudo o que puderem carregar Ele vai pôr nas mãos de vocês. A mesma medida que usarem para os outros Deus usará para vocês.” – Evangelho de São Lucas 6:37 e 38.

Se bons e maus recebem de Deus sol e chuva, de que adianta ser bom? “Nada,” é o que muitos pensam e, por isso, escolhem desfrutar ao máximo a vida sem se importarem com o fato de estarem sendo bons ou maus. Entendem que, se isso não faz diferença para Deus também não precisa fazer para eles. Continuar lendo

14. Deus Tem a Solução

“O meu mandamento é este: amem uns aos outros, como Eu amo vocês.” – Evangelho de São João 15:12.

Tem gente que discorda da idéia de “partilhar”, sugerida por Cristo para resolver o problema da distribuição injusta de riquezas. Acham que agir fraternalmente até pode minorar o sofrimento de alguns poucos por certo tempo, mas não conserta de vez a situação. Dizem que assistencialismo e atitudes paternalistas nada resolvem, que é preciso uma mudança estrutural. Continuar lendo

12. Deus Ama Com Justiça

“Porque Ele faz o sol brilhar sobre os bons e os maus e dá a chuva tanto aos que fazem o bem como aos que fazem o mal” – Evangelho de São Mateus 5:45.

Com certeza, você já se perguntou: Se Deus existe e é amor, por que é que eu trabalho tanto e ganho tão pouco? Se Ele é justo, por que tanta desigualdade e exploração no mundo? De que lado está Deus? Continuar lendo

11. Deus Separou um Tempo para Você Ajudar e Ser Ajudado

Qual dentre vós será o homem que, tendo uma ovelha, e, num sábado, esta cair numa cova, não fará todo o esforço, tirando-a dali? Ora, quanto mais vale um homem que uma ovelha? Logo, é lícito, nos sábados, fazer o bem.” – Evangelho de São Mateus 12:11-12.

Se nos arrogamos a condição de filhos de Deus, cabe-nos obedecer-Lhe sempre, sem questionamentos. No Antigo Testamento, o Pai sumarizou essas nossas obrigações para com Ele em dez tópicos, aos quais chamamos “Dez Mandamentos” ou “Lei de Deus”. (Êxodo 20.) Continuar lendo